Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego.

Após o Transplante Capilar

Após o Transplante Capilar | Nutrição | Cura e Cuidados Dr. Serkan Aygın Clinic 2019-07-24 04:16:14

Quando uma pessoa decide implantar cabelo, ela começa a se preparar para a operação, tanto físico quanto psicologicamente. Neste processo, a pessoa geralmente tenta encontrar o melhor centro de transplante de cabelo, obtendo informações mais detalhadas sobre o procedimento. Como o centro de transplante de cabelo que você escolher afetará diretamente o sucesso da operação, recomendamos que você entre em uma pesquisa abrangente e não se apresse.

Três etapas do transplante de cabelo; pré-preparação, operação e pós-operação terão diferentes dinâmicas e seus requisitos serão diferentes. Existem muitos fatores que afetam o sucesso do tratamento desde o início até o final do tratamento. Por este motivo, deve-se ter cuidado em todas as etapas de um transplante capilar. Embora uma operação tecnicamente bem-sucedida tenha sido realizada, é possível obter os melhores resultados, seguindo as regras de transplante de cabelo e com a atenção do paciente.

Você quer saber o que você vai experimentar neste processo?

A fim de ter informações mais detalhadas sobre o que esperar após o transplante de cabelo e o que esperar, vamos examinar o tópico após o transplante de cabelo em 2 títulos:

  1. Processo de Nutrição
  2. Cura e Cuidados

Alimentação

Ao aplicar as instruções e sugestões dadas pelo seu médico após o transplante de cabelo, dando importância ao que você come em conjunto ajudará o crescimento saudável e fortalecimento dos novos folículos pilosos. Neste processo, a nutrição prudente, preferindo o alimento útil ao cabelo, aumentará a taxa de regeneração celular após a semeadura e ajudará a encurtar o tempo de recuperação após a operação.

Você é o que você come!

Portanto, cada alimento que você consome terá um efeito sobre os folículos capilares recém-semeados. Quando o seu sistema nutricional não possui micro e macro nutrientes (minerais, vitaminas, proteínas e ácidos graxos), podem ocorrer disfunções na membrana celular. Esta situação pode interferir com o ciclo de vida normal do cabelo e impedir que os folículos pilosos voltem a sair alimentando-os, e pode causar perda de cabelo após o transplante capilar.

Para ter folículos pilosos saudáveis, você pode reorganizar seu plano de dieta com os itens alimentares listados abaixo:

a. Vitaminas do Complexo B

As vitaminas do Complexo B, como B7 (Biotina) e B12, têm um papel muito importante na estrutura do cabelo, na qualidade e no crescimento saudável. Estas vitaminas também suportam o metabolismo de nutrientes, fornecendo nutrientes para todo o corpo, incluindo cabelos e folículos pilosos. Por esta razão, os médicos geralmente recomendam que os pacientes usem suplementos vitamínicos do Complexo B após o transplante capilar.

Podemos listar os alimentos ricos em vitamina B: frango, carne vermelha, banana, abacate, arroz integral, nozes e ovos.

b. zinco

Nos casos de deficiência de zinco, a queda de cabelo e a afinagem dos fios são um problema grave. Por essa razão, o suporte de zinco é muito importante após o transplante de cabelo.

O zinco também, desempenha um papel importante na reparação de tecidos, produção de colágeno, proliferação celular, equilíbrio hormonal, absorção de vitaminas e síntese protéica.

Alguns alimentos ricos em zinco: cordeiro, grão de bico, camarão, cereais integrais, espinafre, ovos e peixe.

c. ferro

A deficiência de ferro, como a deficiência de zinco, também pode causar perda de cabelo. O ferro fortalece o cabelo, melhora a textura do cabelo, ajuda a transportar oxigênio e nutrientes para os folículos pilosos e o couro cabeludo.
Graças a essa importante função do ferro, será possível que os pacientes obtenham resultados de acordo com suas expectativas. Da mesma forma, o ferro irá fortalecer o sistema imunológico e o tempo de recuperação será acelerado após o transplante de cabelo.

Entre os alimentos com alto teor de ferro; feijão espinafre, feijão, carne, ostra e vitela.

d. Vitamina E

A vitamina E tem propriedades antioxidantes. Porque acelera a cicatrização da pele danificada, é muito eficaz na questão das cicatrizes. Depois que as feridas são curadas na área doadora e na área de semeadura, o óleo de vitamina E pode ser aplicado para amaciar o tecido e melhorar sua qualidade.

Alguns alimentos ricos em vitamina E: amêndoa, abacate, espinafre, sementes de girassol e azeite.

e. Vitamina C

A vitamina A é necessária para o desenvolvimento e crescimento de todas as células do corpo humano, incluindo os folículos pilosos. A vitamina A também é eficaz na produção de sebo, uma substância semelhante ao tecido adiposo que hidrata o couro cabeludo e torna o cabelo saudável. A deficiência de vitamina A pode causar queda de cabelo, além de causar ressecamento e coceira no couro cabeludo.

Alimentos ricos em vitamina C podem ser listados da seguinte forma: variedades de pimenta, repolho, kiwi, brócolis, frutas pequenas granuladas e frutas cítricas.

f. Vitamina A

A vitamina A é necessária para o desenvolvimento e crescimento de todas as células do corpo humano, incluindo os folículos pilosos. A vitamina A também é eficaz na produção de sebo, uma substância semelhante ao tecido adiposo que hidrata o couro cabeludo e torna o cabelo saudável. A deficiência de vitamina A pode causar queda de cabelo, além de causar ressecamento e coceira no couro cabeludo.

Alguns alimentos ricos em vitamina A: cenoura, batata-doce, fígado de vaca, repolho, espinafre e abóbora.

Um ponto que recomendamos que você preste atenção à nutrição é o seu nível de colesterol. Diminuir a gordura de sua dieta diminuirá seus valores de LDL (colesterol ruim) e seus valores de HDL (colesterol bom) aumentarão. Quando o nível de colesterol é mantido dentro dos limites equilibrados, tanto a recuperação das feridas como o crescimento saudável dos cabelos são assegurados.

Processo de Recuperação e Manutenção

As regras de assepsia e anti-sepsia aplicadas a todos os tipos de procedimentos microcirúrgicos também são válidas para o transplante de cabelo. O risco de infecção será muito baixo se o transplante capilar for realizado de maneira estéril e sob condições favoráveis.

Embora o processo de cicatrização após o transplante de cabelo varie de paciente para paciente, ele cobre um período de aproximadamente um ano. Os primeiros três dias após a operação são muito importantes. Pode haver alguma dor na primeira noite, mas se você usar medicação para dor prescrita pelo seu médico, poderá ter uma noite confortável.

Nos primeiros dias após o procedimento, você deve ficar de costas o máximo possível e não ter contato com a área transplantada.
No dia seguinte ao transplante de cabelo, eles o convidarão para a clínica para remover a bandagem do pescoço e fazer um curativo. Então, os primeiros três dias de remédios para edema receitados pelo seu médico serão suficientes.

Durante os primeiros 3 dias, a área onde os folículos pilosos são plantados e a área onde o plantio é pequeno poderá sangrar. Para evitar a formação de inflamação, você deve usar a cura antibiótica dada pelo seu médico regularmente, sem interromper os primeiros cinco dias após a operação.

O álcool não deve ser usado durante este processo.

Como os antibióticos podem interferir diretamente no seu sangue, eles podem ter consequências negativas ao interagir com os medicamentos que você usa. Uma vez que fumar também pode afetar negativamente o processo de cicatrização, seria apropriado recomendar que não se faça uso de cigarros por pelo menos 1 semana após o procedimento.

No final dos primeiros três dias, o primeiro processo de lavagem é iniciado. O processo de lavagem deverá ser iniciado no terceiro dia após o procedimento por 15 dias, com shampoo e loção especial de acordo com as instriçoes do médico. Com o processo de lavagem regular, a crosta que se forma após o transplante capilar amolecerá e será completamente vertida no final do 15º dia.

Pelo menos 1 mês após o transplante de cabelo, levantar peso e praticar esportes pesados devem ser evitados. Porque o esporte causa aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca. Aumento da freqüência cardíaca pode causar sangramento de micro-canais, onde os folículos pilosos são plantados e podem danificar os folículos pilosos. Nós não recomendamos que você faça atividades cansativas e que te faça suar por pelo menos uma semana.

No entanto, após 4-5 dias de operação, você poderá fazer pequenas caminhadas, desde que não provoque cansaço e/ou suor. Após o processo de transplante de cabelo, você deve proteger a área dos raios solares por cerca de 2 semanas. Quando sair, você pode usar um chapéu que não aperta a sua cabeça. No primeiro mês após o transplante de cabelo, você terá deixado um processo importante.

Nesta fase, seria apropriado falar sobre “Queda de cabelo de choque”.

Dentro de algumas semanas de plantação o seu cabelo cairá. Você não precisa se preocupar porque 90% dos pacientes passam por esse estágio. Isso se deve ao fato de que os enxertos são transferidos para a fase do sono (telógeno), ativando o mecanismo de defesa dos enxertos devido ao trauma sofrido durante os folículos pilosos. Seu cabelo implantado 2.- 4. A partir do 4º mês, começará a crescer de forma saudável, entrando no novo ciclo de crescimento.

Recomendamos que você seja paciente nesse processo.

Após o quarto mês, seu cabelo crescerá e começará a formar sua estrutura. A partir do 8º mês, você verá que o cabelo plantado ficou mais grosso e espesso. Aproximadamente 1 ano após a operação de ımplante, seu cabelo vai ficar mais e mais parecido com o antgo e vai apresentar uma aparência mais natural.

SOLICITE IMAGENS DE ANTES E DEPOIS

Você pode ver as fotos de "antes e depois" logo após preencher o formulário. Você receberá uma mensagem automática pelo telefone ou e-mail.